Mamãe e Bebê
Gestantes
Bebê
 
Anuncie Aqui - Anúncios à partir de R$ 40,00
Mamãe
 
Crianças
  Gestantes
Planejando a gravidez Guia da Gestante Parto Bebês Mães e Gestantes Bebês Festas Infantis Saúde da Mulher e Bebê Escolas e Berçários
Gestantes

 

+ Saúde
+ Beleza
+ Preparativos
+ Gestação

+ Direitos

 
 
 
 

Salário Maternidade e Licença Maternidade

As trabalhadoras que contribuem para a Previdência Social têm direito ao salário maternidade nos 120 dias em que ficam afastadas do emprego por causa do parto.

Para as trabalhadoras empregadas, empregadas domésticas e trabalhadoras avulsas, não é exigido tempo mínimo de contribuição à previdência social desde que comprovem filiação nesta condição na data do afastamento para fins de salário maternidade ou na data do parto.

A contribuinte facultativa e a individual têm que ter pelo menos dez contribuições para receber o salário maternidade. A segurada especial receberá o benefício se comprovar no mínimo dez meses de trabalho rural. Se o nascimento for prematuro, a carência será reduzida no mesmo total de meses em que o parto foi antecipado.

Considera-se parto, o nascimento ocorrido a partir da 23ª semana de gestação, inclusive natimorto.

Nos abortos espontâneos ou previstos em lei (estupro ou risco de vida para a mãe), será pago o salário maternidade por duas semanas.

A trabalhadora que exerce atividades ou tem empregos simultâneos tem direito a um salário maternidade para cada emprego/atividade, desde que contribua para a Previdência nas duas funções.

O salário maternidade é devido a partir do 8° mês de gestação (comprovado por atestado médico) ou da data do parto (comprovado pela certidão de nascimento).

O salário maternidade também é concedido à segurada que adotar uma criança ou ganhar a guarda judicial para fins de adoção:

- se a criança tiver até um ano de idade, o salário maternidade será de 120 dias;

- se tiver de um ano a quatro anos de idade, o salário maternidade será de 60 dias;

- se tiver de quatro anos a oito anos de idade, o salário maternidade será de 30 dias.

A partir de setembro de 2003, o pagamento do salário maternidade das gestantes empregadas passou a ser feito diretamente pelas empresas, que serão ressarcidas pela Previdência Social. As mães adotivas, contribuintes individuais, facultativas e empregadas domésticas terão de pedir o benefício nas Agências da Previdência Social.

Em casos comprovados por atestado médico, o período de repouso poderá ser prorrogado por duas semanas antes do parto e ao final dos 120 dias de licença maternidade.

Destaque:

Algumas regras do salário maternidade foram alteradas com a Medida Provisória nº 242 de 24 de março de 2005. Essas alterações estão resumidas no quadro abaixo.

Forma de cálculo/ Valor Não há alteração (regra mantida: A contribuinte individual e a facultativa têm direito ao equivalente a 1/12 da soma dos 12 últimos salários de contribuição apurados em um período não superior a 15 meses, observado o limite máximo dos benefícios)
Carência Regra anterior
O tempo de carência atual para a concessão do salário-maternidade para as contribuintes autônoma ou facultativa é de 10 meses de contribuição. Contudo, as contribuintes que ficavam um tempo sem contribuir para o INSS e perdiam a qualidade de segurado, quando voltavam a ser seguradas da Previdência, precisavam de apenas três meses de contribuição para reaverem o direito de pedirem o salário maternidade, perfazendo o total de 10(dez) contribuições.

Nova regra
A mudança prevê a extinção deste tempo de três meses. Ou seja, quando a contribuinte autônoma ou facultativa voltar a contribuir para a Previdência, após a perda da qualidade de segurado, terá de efetuar 10 contribuições, e não apenas três, para ter direito ao benefício.

Importante
É necessário lembrar que, não existe carência para a concessão de salário-maternidade em caso de trabalhadoras empregadas, empregadas domésticas e trabalhadoras avulsas. Esta norma permanece sem alteração.

Data de início A data de início do salário maternidade é fixada de acordo com a data do atestado médico (que pode ser emitido em até 29 dias antes do parto) ou de acordo com a certidão de nascimento da criança.

 

Leia Também:


Outras matérias desta seção - Clique nos itens abaixo
Saúde
Beleza
Gravidez
Preparativos
Direitos
 
 

Visite Também as seções:

COTAÇÃO EXPRESS
Ferramenta Gratuita para pesquisa de preços

Selecione Abaixo:

Cotação Express - Festa Infantil
Buffets, Decoração, Buffet em Casa, etc...

Cotação Express - Produtos para Bebês
Enxoval de Bebê, Carrinho, Berço, etc...

Cotação Express - Produtos para Mães e Gestantes
Moda Gestante, Bolsa Maternidade, Obstetras, etc...


Guia de Compras
Produtos para Gestantes e Bebês
 

Um guia de lojas com produtos para a mamãe e o bebê.

Produtos para Gestantes e Bebês

Guia de Festas Infantis
  Um Guia com empresas de todo o Brasil que oferecem produtos e serviços para Festas Infantis.
Guia des Festas Infantis
 

Guia de Escolas e Berçários
  Um Guia com Escolas, Maternais, Escolas de Ensino Fundamental, cursos de natação para bebês, etc.. Guia de Escolas e Berçários  

 

 
 
Destaques
 

Publicidade